quinta-feira, 31 de outubro de 2013

46º dia - Blog da hipocrisia

Gente, sério.
Não aguento mais o saco de doces da Alice!!!
Todo dia ela pega ou um pirulito ou uma balinha de maçã verde. E os chocolates de todos os sabores continuam na geladeira me atentando... Não acaba nunca desse jeito!
Mas aí eu penso assim:


Só que ontem eu não aguentei e comi um Ouro Branco...
Meu marido olhou e disse:
"Tá comendo chocolate??? Vai escrever isso no blog da hipocrisia?"
Eu respondi: "Claro que sim!!!"

Mas vamos ao que interessa, pra provar que eu sou uma blogueira séria!!!
Meu almoço hoje foi assim:


A salada é de alface, tomate, repolho e quatro colheres de cenoura ralada, que eu temperei com uma colher de chá de azeite de oliva extravirgem, vinagre de maçã e sal.
O almoço aqui em casa era baião-de-dois e filé ao molho madeira e eu estava salivando de vontade de comer isso. Então resolvi adequar essa comida maravilhosa ao meu programa alimentar. Antes de fazer o arroz do meu marido e da minha filha, eu tirei duas colheres de sopa do feijão verde já cozido e temperado pra mim. Refoguei alho, cebola e pimenta de cheiro na panela antiaderente, sem gordura, e juntei o feijão verde e três colheres de arroz integral (eu faço e congelo as porções em vasilhas separadas). Decorei com cheiro verde.
O filé eu medi com a palma da minha mão, mas quando cozinhou ficou menor, e temperei apenas com sal e pimenta do reino. Joguei na panela antiaderente, sem gordura. Quando já estava no ponto, acrescentei três colheres de molho madeira comprado pronto.
Ok ok ok, eu sei que não é bom usar produto industrializado, mas é que eu não sei fazer molho madeira. Se eu fizer esse prato novamente, não vou mais salgar a carne, pois o molho já tem sal demais. É a minha dica. Fora isso, ficou divino!
Minha sobremesa foram três damascos secos.
Abraços!!!

terça-feira, 29 de outubro de 2013

44º dia - Batata doce

Minha gente, meu bichim chegou, cheia de saudade de mim, querendo me contar tudo que aconteceu na viagem, cheia de dengo... É amor demais com essa criança, quem tem filho entende!!!
Pois é, Alice chegou com um saco cheio de bombons, pirulitos e caramelos, lembrancinha de um aniversário que ela foi no sábado. Eu sempre guardo essas lembrancinhas e só dou um doce de cada vez e somente se ela almoçar ou jantar tudo.
Com um estimulante de apetite desses, ontem ela comeu o jantar inteiro. Quando eu peguei o saco pra que ela escolhesse, dentre serenata de amor, ouro branco, sonho de valsa, trufa da Cacau Brasil, baton garoto, bis de todos os sabores, etc., a menina vai e pega um pirulito de coração...
Gente, vai ter espírito magro assim lá longe!!!!!
Ela saiu morta de alegre com o pirulito e me deixou com um saco cheinho de chocolates na mão...
Como eu sofro, Senhor!
Agora as notícias boas!!!
Já são 7,1 kg eliminados da minha vida!!!
Olha o gráfico:


Gente, como eu amo ver essa linha caindo!!!
Fico na maior empolgação quando vou atualizar o gráfico...

Ah, minha nutri me indicou beiju (tapioca) no café da manhã e, apesar de eu adorar beiju, eu pedi uma alternativa pra não enjoar. Aí, ela me indicou batata doce cozida.
Confesso que eu tinha um certo preconceito infantil com a batata doce, mas, como uma mulher madura que sou, resolvi testar agora, pra ver se eu não estava enganada.
Gente, não tava!!! Batata doce é muito muito muito ruim!!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Eu comprei uma batata de 150 gramas e fiz ontem só a metade (não ia comprar 1 kg sem saber se ia comer, né?!). Cozinhei com sal, joguei queijo minas frescall light e semente de chia por cima. E continuou péssimo. Joguei mais sal e moí pimenta-do-reino e deu pra engolir. Isso foi ontem. Eu ainda tinha mais 75 gramas pra encarar hoje (não gosto de desperdício na minha casa).
Resolvi fazer um purê. Novamente cozinhei com sal, só que dessa vez eu amassei, misturei com o queijo branco cortado em cubinhos pequenos, mais três colheres do leite desnatado que eu já ia tomar, mais um tiquim de sal e pimenta-do-reino (era pra ter sido noz-moscada, mas eu tava apressada). Misturei tudo em fogo baixo, botei numa taça de sobremesa e polvilhei a semente de chia por cima.
Ficou bonito e tolerável. Na verdade, até ficou bom, mas não é uma coisa maravilhosa, entende?! Não abre meu apetite. Comi tudo, tomei o restante do leite com café e comi ainda um kiwi. Pronto. Café da manhã tomado. Depois de ter comido tudo isso é que fui me pesar, então, provavelmente eu tenha perdido até mais.
Eu estava com pressa e não tirei foto, mas pra quem deseja se alimentar bem, vou transcrever abaixo os benefícios da batata doce, ok?!

"Os principais benefícios da batata doce são fornecer energia com carboidratos saudáveis. A batata doce é também importante para:
  • ajudar a controlar a diabetes porque tem baixo índice glicêmico;
  • emagrecer pois diminuir o apetite pela riqueza em fibra;
  • fortalecer o sistema imunológico porque tem boa quantidade de vitamina A.
A melhor maneira de ter todos os benefícios da batata doce na dieta é de forma cozida e com casca. É necessário cuidado com a preparação devendo se evitar fritar pois a fritura vai aumentar a gordura na batata doce prejudicando a saúde
Os benefícios da batata doce para a musculação são fornecer energia para o treinamento, auxiliar na queima de gordura e no ganho da massa muscular porque libera a glicose no sangue lentamente. "
Fonte: Tua Saúde

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

43º dia - Canela durinha

Minha gente, eu esqueci de contar pra vocês!!!
Na quinta-feira, meu marido fez uma massagem em mim.
Ele sempre faz, porque eu sinto muita dor nas costas e estou sempre pedindo. Só que ele costuma massagear só as costas. No entanto, na quinta-feira eu ganhei uma massagem de corpo inteiro... Sacaram qual era a intenção do danadinho, né?!
Sim, aí, quando começou a massagear minha panturrilha, ele se espantou e disse: "hum, tá com a canelinha durinha..."
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Mas também... Passei um mês fazendo uma hora de esteira e vinte minutos na bicicleta diariamente... Só podia era tá mesmo...
De qualquer forma, amei o elogio. Meu marido não rasga seda pra ninguém, nem mesmo pra mim. Se falou espontaneamente é porque ele realmente achou minha panturrilha menos flácida ou, quem sabe, mais musculosa!
Deixa eu descansar que ele e minha princesa chegam de viagem mais tarde.
Abraços!!!

domingo, 27 de outubro de 2013

42º dia - Sobre tanta coisa...

Não sumi, é que aconteceu tanta coisa nos últimos dias que não tive tempo de postar nada.
A primeira coisa foi que meu marido e minha filha viajaram na sexta depois do almoço.
Na hora em que eles partiram eu achei foi bom. Tipo umas férias do meu trabalho diário. No entanto, duas horas depois eu já tava olhando pros brinquedinhos da Alice espalhados pela casa e doida pra abraçar meu bichim véi...
Fiquei tão na pior que passei a tarde deitada assistindo tv. Quando deu umas sete da noite, a ex-psicopedagoga da Alice me ligou dizendo que estava de passagem pela cidade. Eu lamentei o fato de Alice ter viajado justamente hoje e chamei ela pra dar uma volta e botar o papo em dia. Ela é mais que uma psicopedagoga, é uma profissional excelente e meio que virou amiga depois que parou de clinicar.
A gente tinha se visto em agosto e ela ficou admirada com meu novo corpo após 6 kg eliminados. Pediu o nome da minha nutri, perguntou o nome dos chás e homeopáticos que estava tomando e tudo. Disse que ia na segunda-feira logo atrás dessa nutri maravilhosa. Fique muito feliz com essa visita...
O mais interessante foi ela comendo um hamburguer com guaraná e eu tomando água mineral sem nenhuma vontade de comer o mesmo. Mas acho que foi porque eu tinha acabado de jantar...
No sábado fui  pra academia pela manhã.
Gente, não é por nada não, mas ter um personal é muito bom! Ter alguém pegando os pesos, passando álcool nos aparelhos e adequando cada um à sua capacidade e você apenas sentar e fazer o serviço é bom demais!!! Sem contar na conversa, no papo incentivador... O tempo passa mais rápido.
Só que eu tive que voltar mais cedo porque uma amiga minha e o namorado dela tinham um casamento pra ir aqui na minha cidade e pediram pra se hospedar aqui em casa. Lá vai eu arrumar casa, organizar almoço, etc.
Sem falar que eu me inscrevi no Enem e a prova começava ao meio dia. Ou seja, almocei onze horas! Tive que adaptar a dieta e acrescentei uma barra de cereal pra comer durante à prova.
À noite inventei de fazer uma sardinha congelada que eu havia comprado. Li que a sardinha tem mais ômega-3 que o salmão e é bem mais barata, né?! Mal sabia eu o trabalho que sardinha dá pra preparar... Tem muita espinha e eu tenho medo de morrer engasgada... kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Aí hoje de manhã, eu acordo e vou, toda inocente, abrir a geladeira e dou de cara com isso:



Gente, é muito sofrimento!!!
Minha amiga voltou do casamento com uma marmita recheada de doces... E guardou tudo na minha geladeira... Ow, Senhor, é muita provação...
Como eu não sou santa, não resisti à tentação. Comi quatro doces na sobremesa. E quer saber???? Foi muito bom!
Por outro lado, comemorei quando minha amiga foi embora e levou a marmita dela.
Não dá pra ter isso toda hora.
Ah, sobre o Enem, a história é a seguinte:
Eu sou uma advogada frustrada. Antes de abandonar minha carreira pra cuidar da Alice, eu já estava muito desgostosa com o Direito e a área jurídica.Quando consegui meus primeiros resultados ensinando a Alice, decidi que queria estudar Pedagogia e me dedicar à pesquisa de propostas pedagógicas para crianças especiais. Aí, no ano passado comecei o curso pela Universidade Federal. Eu estava adorando, só que meu marido foi transferido para uma cidadezinha pequena, porém mais próxima da capital. Na época, a gente estava morando longe um do outro e eu estava sofrendo um pouco pela distância, pelo fardo de cuidar da Alice só e pelo medo de perder meu marido pra outra mulher (eram quase 500 km de distância!!!). Então achei melhor vir pro interior e ficar ao lado do meu marido. O problema é que não consegui transferir meu curso e resolvi tentar o Enem.
Eu havia entrado na Pedagogia como portadora de curso superior no ano passado. E, apesar de estar longe do ensino médio há 13 anos, não estudei nada. Vamos ver a sorte como anda....
Bom, é isso.
Abraços!

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

39º dia - Medidas!!!

E como hoje eu completo um mês na academia, resolvi tirar minhas medidas e conferir o progresso.
Olha isso:


Alowwww, eu perdi 9 cm de cintura em um mês!!!!
Eu disse que tava me achando bem mais esbelta e não foi à toa. 9 cm na barriga é muita coisa!!!
Sem falar nos 2 cm de braço. Eu sei que perder circunferência de braço é difícil e comemorei muito esse progresso.

Bom, vamos ao meu jantar de ontem:


Salada de alface americana, cheiro verde, tomate, cebola e três ovinhos de codorna, temperados com uma colher de chá de azeite de oliva, vinagre de maçã, sal e molho de limão. Três filezinhos de frango (sassami) grelhados. A sobremesa foi salada de frutas (sem leite condensado, viu?!).
Ok, confesso que exagerei um tiquim. Podia ter colocado só 2 filezinhos, né? Ou, pelo menos ter tirados esses ovinhos de codorna... Mas é que eu tava com desejo...

O almoço hoje foi assim:


Gente, esse prato tá muito lindo!!!
Salada de alface crespa, alface americana, couve-flor, repolho, tomate e beterraba cozida (duas colheres).
Temperei com um molho de alho com vinagre de maçã, molho de limão, sal, alecrim, manjerona e pimenta do reino. Ah, e uma colher de chá de azeite.
Essa carne divina é um filé mignon suíno (125 g) que eu temperei com alho, tabasco, pimenta do reino, curry, açafrão, pimenta rosa, vinagre de maçã, uma colher de cerveja preta e um fiozinho de mel Karo. Tipo, tudo que eu tinha no armário. Sinceramente, pra mim comida tem que ter gosto. Grelhei com cebola. Ficou um bife acebolado sem gordura!!!
Tava muito bom!!!
A sobremesa foram 10 uvas sem semente.
Ah, meu marido olhou esse prato do almoço e disse: "acho que esse prato tá ultrapassando o limite da tua dieta..."
Mas praticamente 75% do prato é só salada!!! Alowww
Pelo visto, não é só o meu cérebro que está sendo enganado...

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

38º dia - O balanço da balança



Eu não fui totalmente sincera no post anterior, quando disse que me pesei na segunda-feira e que não havia emagrecido nada.
Na verdade a balança havia apontado um ganho de peso de 150 gramas!
Eu considerei que é porque tinha comido uma tangerina bem suculenta e bebido muita água antes de ir me pesar, por isso achei melhor omitir.
Pois qual não foi minha surpresa quando fui me pesar hoje (já disse que esse negócio de balança na entrada da academia não dá certo...) e a balança marcou uma perda de 800 gramas.
800 gramas em apenas DOIS DIAS!!!
E eu sinto muito, mas não mudei a alimentação. Ontem mesmo postei meu almoço.
Não sei que milagre foi esse, que oscilação louca é essa, se é a balança que não tá calibrada, sei lá...
Sei que já são 6,2 kg em 38 dias!!!
Alowwww
É muito peso eliminado!!!
Atualizei o gráfico:


Tem uma subidinha inconveniente, mas nada que atrapalhe muito, não é mesmo???
Resolvi contratar um personal trainer e começar a musculação amanhã. Ainda estou longe do peso que eu quero, mas li que a musculação ajuda no processo de emagrecimento, pois acelera o metabolismo por até 15 horas, ajudando na queima de gorduras.
Então é isso...
Vamos ver como me saio amanhã.
Abraços.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

37º dia - Sobre peso, prato cheio e o blog da hipocrisia

Ontem eu me pesei e a balança teve a cara de pau de me dizer que eu não emagreci nenhum grama. Que disparate!!! Eu só me amando, me olhando no espelho e me admirando, me achando super mais magra, mais sem barriga e coisa e tal quando na verdade eu não perdi nada!!!
Bom, pelo menos o meu sentimento de que estava comendo mais não era de todo errado, não é mesmo?
Mas a verdade é que eu estou mesmo achando minha barriga menor, mais esguia, mais esbelta, então tem que ter um sentido.
Minha prima me disse que perda de peso nada tem a ver com perda de medidas e eu acho que tem um fundo de verdade, já que um dos componentes do meu composto manipulado tem a propriedade de "reduzir a gordura localizada na região abdominal".
Bom, então, bola pra frente!

Hoje mandei fazer bife acebolado pro meu marido e minha filha e resolvi fazer um peito de peru pra mim. Aproveitei a dica do blog da Mimis e fiz um refogadinho com cenoura que ficou uma delícia!!!


A salada é de alface, repolho, couve-flor, brócolis, tomate e cebola. Temperei com uma colher de chá de azeite de oliva extra virgem, vinagre de maçã e sal. O arroz integral foi feito sem óleo, mas o feijão não, pois é compartilhado com o restante da família... O filé de peito de peru é da Sadia e já vem temperado, mas eu acho muito sem gosto e acrescentei sal, tabasco, alho, noz-moscada e cheiro verde. Além da cebola, molho de tomate e cenoura. Também feito sem nada de óleo, azeite ou margarina. Eu cozinhei um peito de peru de 150 gramas e seria apenas pro almoço, mas depois de desfiado eu achei que rendeu tanto que terminei comendo só a metade e deixei o restante pro jantar.
A sobremesa foi um kiwi, que é uma das frutas que eu mais gosto!
Eu nem estou numa vibe de contar calorias, mas fiz questão dessa vez. Meu almoço todo, incluindo a sobremesa, tem em torno de 330 kcal!!!

Outra coisa interessante é que eu sempre tive o costume de comer a salada antes do almoço, separada. Mas de uns dias pra cá venho comendo tudo junto em um prato só. Isso porque eu vi num programa chamado "Comendo Escondido", do Discovery Home & Health, que quando comemos em um prato cheio, nosso cérebro tem a impressão de que comemos muito, mesmo que a metade do prato seja só de salada.
E eu juro que acho que isso é verdade, porque antes eu comia um pratão de salada e outro só com um pingo de comida (arroz, feijão e carne), que não ocupava nem a metade do prato e continuava com fome. Agora estou comendo bem menos salada e a comida continua igual, mas só porque estou comendo em um prato que está cheio, eu tenho a sensação de que comi muito e de que estou saciada.
São nossos olhos enganando nosso cérebro!!!

E agora uma história engraçada:
No domingo eu fui levar minha filha e uma coleguinha à praça para brincar. Do lado do pula-pula tinha várias banquinhas: de pipoca, de krep's, cachorro quente, churros, balinha e... DE ALGODÃO DOCE!!!
Gente, a cara que eu fiz foi igual a esse menino bem aqui:


Mas eu estava me controlando, juro que tava, até a hora em que a coleguinha da minha filha me pediu que comprasse justamente algodão doce, de todas as coisas que tinha lá pra vender...
Aí eu peguei um pedacinho bem pequenininho... Gente, sério, era do tamanho da minha unha. O problema foi que meu marido viu e começou a me zoar... Ele disse que ia tirar uma foto e postar no "blog da hipocrisia"... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Eu me engasguei de tanto rir dessa besteira...

Bom, é isso... Boa tarde!

domingo, 20 de outubro de 2013

35º dia - Calm Slim

Eu estava estranhando não estar muito mal-humorada nesses últimos dias e antes que alguém venha dizer que antes eu estava irritada por causa da sibutramina, eu digo logo que eu sou zangada por natureza. Já fiz um milhão de dietas, desde as que duram só um dias, até as que perduram por um ano e esta foi a segunda vez que tomei sibutramina. Então uma coisa não tem nada a ver com a outra, ok?
Sempre que estou fazendo dieta eu fico irritada e sempre associei isso à falta de açúcar e chocolate.
É sério!!!
Eu brincava dizendo que era o chocolate a fonte da minha felicidade!!!
Como eu estava até de bom humor esses dias, comecei a estranhar e fui dar uma olhadinha no Calm Slim, o composto manipulado que a nutricionista me passou. Na composição tinha algumas coisas que eu não conhecia e outras que eu só tinha ouvido falar e resolvi pesquisar a função de cada um. Olha aqui:

  • Pholia Negra - retarda o tempo de esvaziamento gástrico (efeito de saciedade), acelera a plenitude gástrica, mantém o peso por até 12 meses, anti-glicante, reduz gordura visceral localizada na região abdominal, aumenta proporção de queima de gordura;

  • Chá Vermelho - ajuda a diminuir a quantidade de colesterol ruim, evitando o entupimento das veias e artérias. O chá vermelho também fortalece o sistema imunitário, ajuda a emagrecer, diminuir o apetite, eliminar o excesso de gordura e é saciante;
  • Valeriana extrato seco - usada como calmante e em todos os casos de nervosismo;
  •  
  • Maracujá - ação sedativa ou ansiolítica; antiespasmódica; diurética; analgésica. A farinha feita com a casca do maracujá também se revelou um excelente bloqueador de gordura. Ou seja, impede que o organismo absorva parte desse nutriente presente nos alimentos. Daí faz você perder peso.
  • 5-HTP - significa 5 hidroxitriptofano, e age da mesma forma que o triptofano, substância precursora da serotonina, o neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar. Só que é mais poderoso no processo da felicidade. “O 5HTP sai da corrente sanguínea mais facilmente em direção ao cérebro, onde aumenta a síntese da serotonina no sistema nervoso central”, afirma Wilson Rondó Júnior, clínico-geral especialista em terapia ortomolecular, de São Paulo. Níveis elevados de serotonina contribuem para garantir prazer e melhorar o humor. Outro ponto a favor da dieta: “Bem-humorada, você tem mais jogo de cintura para driblar as dificuldades que acompanham um programa de emagrecimento, como reduzir guloseimas e cortar frituras”, afirma o consultor de nutrição Alfredo Galebe, de São Paulo. E, de quebra, sobra energia para você caminhar, correr ou fazer outras atividades que queimam calorias.

Eis a resposta da questão. Esse composto, que eu achei que era só pra me dar saciedade em substituição à sibutramina, também está me acalmando e melhorando meu humor. Se ele fosse barato, tomaria pro resto da vida. Sério!!!
Quando foi ontem à noite, meu marido olhou pra mim (eu estava de short e camiseta) e disse que eu estava bem mais magra. Eu só pensei: "como, criatura, se eu estou comendo mais???" Daí lembrei que muitos componentes da minha fórmula queimam gordura e fui me olhar no espelho. Pode até ser que eu estivesse sugestionada, mas achei mesmo minha barriga menor, bem menor...
E comecei a perceber também que meu corpo está criando formas, forma de corpo e não de barril, se é que você me entende... E eu posso até diminuir o ritmo de emagrecimento devido ao aumento de calorias ingeridas diariamente, mas as gorduras estão sumindo, meu corpo está voltando ao que era, um corpo, entende?!
E isso me deixou bem feliz mesmo!!!
E talvez meu ritmo de emagrecimento não diminua tanto assim, já que estou comendo apenas coisas saudáveis, sem gordura, e, principalmente, tirei os carboidratos do jantar. Estou fazendo tudo do jeitinho que a nutricionista me recomendou. Não é possível que não dê certo...
Bom, como eu havia dito ontem, tirei esses dois dias de folga (só da atividade física, hein?!) e só o que eu posso dizer é "COMO EU SOU PREGUIÇOSA!!!!"
Passei ontem a tarde e a noite inteira deitada assistindo tv e acho que hoje vou terminar fazendo a mesma coisa. Meu marido me chamou pra dar uma volta pela cidade, mas tá tão quente e eu estou com tanta preguiça que não me animei... Pelo menos nisso, o remedinho manipulado não tá fazendo efeito...
Abraços.

sábado, 19 de outubro de 2013

34º dia - Carne de porco

Não me pesei ontem porque já havia me pesado na quarta-feira e agora só vou consultar a balança na sexta da semana que vem, pra ver como vou me sair nesses primeiros dias da dieta da nutri.
A impressão que eu tenho é que estou comendo muito mais e que não vou perder peso nenhum. Quero dizer, comendo muito mais de dia, né? À noite só estou comendo salada (sem cenoura ou beterraba) e carne. A ceia é apenas chá verde.
O lado bom é que eu estou aguentando e que a nutri não mentiu. Não estou sentindo fome. Nunca imaginei que poderia viver sem ingerir carboidratos à noite, mas a verdade é que é possível, sim.
E o lado melhor ainda é que estou comendo carne de porco sem culpa.
Eu amo costelinha, mas sei que se eu quero emagrecer não posso nem lembrar que ela existe. Mas eu gosto de outras partes do porco também, como lombo e filé mignon. Como aqui na minha cidade o lombo é muito caro, eu estava comprando só o filé suíno, mas estava morrendo de medo de a nutri proibir.
Só que pelo contrário. Ela me disse que essas partes são menos calóricas e contém menos gordura que a maior parte das carnes de gado e que eu podia comer sem medo.
Então, ontem foi o dia.


Comprei esse peça aí de cima e pedi ao açougueiro que cortasse ao meio. Ficam dois pedaços de meio quilo e só um pedaço é suficiente pra almoço e jantar na minha casa. Guardei no congelador um dos pedaços e o outro eu reservei em uma marinada com polpa de maracujá, sal, alho, açafrão, curry, tabasco, pimenta do reino, corante, louro, manjerona, alecrim e gengibre. Ficou três horas pegando gosto e levei ao forno. Depois de 40 minutos com papel alumínio, eu fatiei, passei os pedaços no molho que está no fundo da travessa e deixei mais 20 minutos.
Delícia é pouco. Só de lembrar me dá água na boca.
100 gramas tem apenas 106 calorias! O restante da informação nutricional você encontra aqui.
E aí, quando foi de noite, estava eu comendo só minha salada de alface, cheiro verde, tomate e um tiquim de cebola com meu filé suíno requentado do almoço e pensando: será se algum dia eu vou saber comer por conta própria, sem precisar ficar seguindo estritamente uma dieta ou programa alimentar prescrito por outra pessoa?
Porque, por mais que eu não esteja sentindo fome e que esteja achando minhas refeições deliciosas, se fosse opção minha, eu estaria botando pra dentro uma porção ultra generosa de lasanha ou costelinhas de porco, ou dois pães franceses com meio copo de requeijão...
Então eu pensei mais um pouquinho e vi que é por isso que na avaliação que a nutri fez meu programa tem 33 semanas. Porque, eu acho, é o tempo de eu me acostumar com esse tipo de refeição mais saudável. Sempre leio nos blogs de quem perdeu 30 ou mais quilos que elas olham o chocolate e não sentem mais vontade de comer, ou que, mesmo quando provam, acham muito doce e não acham mais tão gostoso quanto antes. E eu juro que penso que elas estão mentindo porque, na minha cabeça, não tem como não amar chocolate.
Será se, ao final dessas 33 semanas, eu também vou estar pensando assim????
Não consigo me imaginar falando que chocolate é doce demais (que blasfêmia!), mas agora que estou na primeira semana do programa da nutri, porque domingo passado mesmo eu comi um tabletezinho de chocolate (e era Chocolate Brasil, ai ai...).
Ou seja, ainda não sou parâmetro pra nada!!!
Bom, hoje é feriado aqui no meu estado e academia não abriu. Resolvi me dar esses dois dias de folga, porque estava me sentindo meio cansada. No almoço de hoje, mandei preparar uma carne de sol e separei um pedacinho só pra mim, pois vou grelhar sem gordura nenhuma. À noite será peixe, pra compensar.
Minha filha está me cobrando atenção e brincadeiras. Chamei uma coleguinha pra dormir aqui em casa ontem e espero que ela fique satisfeita. Aqui na minha cidade não tem opção de comida saudável e a nutri me pediu pra nesse primeiro mês eu seguir estritamente o que ela prescreveu.



Isso aí não vai acontecer comigo, Chapolim Sincero, porque

EU ESTOU DETERMINADA!!!

Bom fim de semana!

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

32º dia - A história do salmão grelhado

Eu estava super preocupada porque, apesar de não ter sentido fome após o almoço do primeiro dia da dieta da nutri, eu senti muita muita muita fome no jantar. E a nutri havia me prometido nada de fome!!!
Então, ontem, quando fui escolher o filé de salmão. A nutricionista disse que salmão é tudo de bom e que eu posso comer o tanto que eu quiser.
Veja bem o que ela disse:

QUE EU PODIA COMER
O TANTO QUE EU QUISESSE!!!

Minha mente de gorda processou essa informação mais ou menos assim:


Só que com o prato cheio de salmão, obviamente.
É sério!!!!
Minha mente de gorda é capaz de deturpar qualquer frase, desde que a interpretação seja a favor de comer mais. Hermenêutica seletiva, sabe como é...
Sim, mas voltando ao assunto. Eu fiz como a nutri mandou. Medi o salmão usando a palma da minha mão. Só que eu nunca havia preparado salmão. Na verdade, só gosto desse peixe cru. A única vez que o comi cozido eu odiei.
Então, me lembrei de ter visto um dia desses um post num blog ensinando a preparar e resolvi testar a receita.
Olha como ficou:


A salada é apenas alface, tomate,cebola, cheiro verde, pepino e repolho. O molho dessa salada fiz com uma colher de chá de azeite, vinagre de maçã, vinho branco, alho, orégano, sal e pimenta do reino.O salmão eu preparei tal e qual está escrito aqui. Quer dizer, exatamente igual não, porque o meu estava bem passado.
Vocês não estão entendendo o tanto que isso ficou gostoso. E, acima de tudo, SAUDÁVEL!
Ficou tão bom, mas tão bom que eu nem podia acreditar. Se me dissessem que era um prato de restaurante caro eu teria acreditado na hora.
Mas o melhor ficou pro final: não consegui comer o prato todo.
Era muita carne! Muita salada! Não consegui!!! Pela primeira vez em sei lá quantos milhões de anos eu fiz meu prato e não fui capaz de comer ele todo.
Eu tinha direito a uma fruta de sobremesa e não quis.
Eu tinha direito a um Molico na ceia, mas não bebi.
Eu fui dormir bastante saciada mesmo!
Tomei só o chá verde manipulado porque tinha essa obrigação.
Espero que esse seja o começo de um novo pensamento se enraizando na minha consciência.
Um novo pensamento.
Uma nova era.
Uma nova EU!!!

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

31º dia - Aniversário

Não estou fazendo aniversário, minha dieta é que está completando um mês hoje.
Um mês sem nenhuma quebra ou contratempo.
Que felicidade!
Mas felicidade mesmo foi chegar hoje na academia e, ao subir na balança pra conferir o estrago da falta de atividade física durante o feriadão, descobrir que perdi 1,3 kg!!!
Olha só como meu gráfico ficou nesse mês:


Que coisa linda essa linha caindo, hein?!
Agora maravilhoso mesmo foi ouvir vários elogios das minhas tias e primas queridas.
Tinha mandado fazer um short e peguei uma blusa que estava apertada demais pra usar. Vesti e olha como ficou:


Gente, sério, eu até pareço magra!!!
São 5,6 kg em apenas um mês e eu já pareço outra pessoa.
Ok, os braços ainda estão gordos e meu rosto ainda parece uma bolacha recheada. De frente eu não fico tão magra; é a costura da blusa que dá esse efeito slim. Ah, e a blusa não fechou até em cima, porque meu busto ainda está muito grande, mas tudo bem. Isso é questão de tempo...

Agora, eu fiquei tão feliz, mas tão feliz, mas tão feliz com esse resultado da balança que resolvi comemorar.
Sabe como???

PICANHA NO ALMOÇO!!!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Isso mesmo, picanha na brasa!
Eu passei praticamente um mês sem comer carne vermelha, mas a nutricionista me disse que eu podia comer carne vermelha numa boa, desde que comesse a quantidade correta e me deu uma dica maravilhosa que eu vou compartilhar aqui.
Sempre que for fazer seu prato e estiver sem noção do tamanho da carne que deve colocar, baseie-se na sua própria mão:


Pela figura, dá pra ver que eu não sou uma grande ilustradora, né?!
Mas a explicação é a seguinte:
Você pode comer carne bovina até o tamanho da parte redondinha da mão.
O frango, você mede até o meio dos dedos; e o peixe, pode comer do tamanho da palma inteira.
Maravilhosa essa dica, né?! 
No meu almoço, o que eu fiz primeiro foi pedir uma picanha magra ao açougueiro. Depois, na hora de temperar, eu tirei a gordura do meu pedaço e medi conforme a ilustração acima, ou seja, do tamanho da parte redondinha da mão. Na verdade, foi um pouquinho menor, mas me satisfez que foi uma beleza... E fiz na churrasqueira elétrica. Delícia demais!!!
E, pra compensar, meu jantar vai ser um filezinho de salmão grelhado que já está ali descongelando...
Bom, por hoje é só!
Abraços!!!

terça-feira, 15 de outubro de 2013

30º dia - Agora acompanhada por nutricionista



Bom, e hoje, coincidentemente no 30º dia da dieta, começo uma nova fase.
Eu já tinha noções de dietas de nutricionistas e endocrinologistas anteriores, mas essa nova nutricionista mexeu muito comigo.
Não é apenas perder peso por perder. É emagrecer com saúde pra não engordar de novo.
Não é apenas contar calorias. É comer todos os nutrientes de que o corpo necessita e não passar fome.

Dessa forma, a primeira coisa eliminada foi a sibutramina. Como eu já havia dito, não estava fazendo efeito mesmo. Eu sentia muita muita muita fome. E depois dormia o dia todo pra não lembrar que estava com fome. Sem contar que eu tenho mesmo meus probleminhas psicológicos (não me conformo com o diagnóstico da minha filha, me sinto ociosa dentro de casa, etc.) e não é bom tomar a sibutramina quando se está desse jeito.
Pra substituir a danada, a nutri me indicou o Calm Slim, um composto homeopático manipulado que vai ajudar na sensação de saciedade e acelerar meu metabolismo, e o Chá Verde manipulado também. Tem um gostinho de kisuco de limão aguado. Os dois calculados pra durar apenas um mês custaram R$ 230,00. Depois vou verificar se em outras farmácias manipuladas não fazem mais barato porque, né, tow longe de ser rica...

O próximo passo foi ajustar minha dieta.
Eu estava ingerindo 1000 kcal por dia (às vezes menos), mas tomava Coca-cola zero e gelatina diet. Produtos industrializados sem nenhum valor nutricional. Eu fazia uso deles porque sentia fome e comia/bebia porque sabia que tinham poucas calorias. Mas, partindo do princípio de que eu não vou mais sentir fome, esses produtos foram banidos do cardápio.
Agora estou com um programa alimentar de 1200 kcal. No entanto, carboidratos foram eliminados durante a noite. O arroz comum foi substituído por integral. Acrescentei uma colher de chá de semente de chia no café da manhã. Eliminei totalmente pão e torradas (ao menos nesse primeiro mês) no café da manhã e substituí por beiju ou batata doce cozida. A margarina agora é a Becel e o adoçante é à base de sucralose.
Tem outras coisas também, mas umas eu não estou lembrando agora e outras eu vou postar nos próximos dias.

O importante é que comecei isso hoje e, acredite se quiser, quase não consegui comer o almoço todo. Nem comi a fruta de sobremesa porque estava mesmo me sentindo bastante saciada. Ou seja, a mistura do composto/chá verde/arroz integral parece mesmo funcionar...

Não fui pra academia hoje, porque cheguei de viagem tarde ontem e estava muito cansada. Como minha filha não tinha aula hoje, decidi me dar mais esse dia de descanso. Amanhã volto com força total. Acredito que não tenha engordado; na verdade, acho até que perdi peso, pois não quebrei a dieta nenhum dia.
Amanhã vamos saber.

Abraços

sábado, 12 de outubro de 2013

27º dia - Quando tudo muda!!!

Não.
Não mudei minha alimentação.
Não exagerei nos pratos.
Não me entreguei à compulsividade.

Aconteceu que eu fui a uma nutricionista e ela me disse que eu estava fazendo tudo errado!!!
Mas como? Se eu estava seguindo a dieta de outras nutricionistas e até de uma endocrinologista famosa aqui na minha cidade?

A nutri me disse que eu estava contando calorias e com medo de comer. Me privando de tudo e apegada aos resultados da balança e que não é assim que as coisas devem funcionar, porque a chance de eu ganhar tudo de novo no futuro é altíssima.
Ela era tipo uma nutricionista/endocrinologista/psicóloga/psiquiatra. Mexeu demais comigo essa consulta e eu digo que valeu muito a pena.
Chorei no consultório ao contar minha história pra ela e ela me disse que não adianta cuidar do corpo e esquecer a mente.
Me pediu que eu parasse com a sibutramina, já que ela não está fazendo efeito, pois eu sinto fome e sono o dia inteiro e também porque ela afeta o sistema nervoso e pode piorar minha situação psicológica.
Argumentei que se eu estou sentindo fome com ela, imagina sem... Ao que ela respondeu prescrevendo um composto homeopático manipulado que iria me dar essa saciedade e que seria natural, ou seja, sem os efeitos colaterais da sibutramina. Receitou também um chá verde em pó manipulado que não é amargo como o chá em infusão.
Ela me indicou uma psicóloga especialista em perda de peso e drenagem linfática.
E eu pensei: "meu Deus, essa mulher pensa que eu sou rica!!!"
A psicóloga não atende nenhum plano de saúde, só particular; os compostos manipulados custam R$ 230,00 por mês; e a drenagem linfática eu tremo só de pensar no preço.
Ela disse que vale muito a pena fazer uma economia agora e investir em mim, na minha saúde física e mental, hoje, para que depois as consequências não sejam desastrosas no futuro, pois eu tenho uma filha linda que precisa de mim e tenho um marido também.
Por fim, ela me passou um exame para avaliar a minha composição corporal, que eu vou fazer na segunda-feira e, logo após esse exame, e tendo ele em mãos, ela vai me passar uma dieta que, segundo ela, não vai me deixar com fome e vai conter todos os nutrientes que eu preciso.
Estou super confiante e gostei muito da conversa. Foram uns 50 minutos de consulta, sem mentira nenhuma.

Como ainda não recebi o novo cardápio, estou seguindo o meu antigo, já que estou sem atividade física esses dias. O que mudou foram meus ideais, meu pensamento, minha consciência sobre minha vida e o que eu estava fazendo com ela.
Infelizmente o post já está muito grande, porque eu poderia passar o dia escrevendo sobre isso aqui... Mas hoje é o dia das crianças e eu tenho um "bichim" aqui pra dar atenção, dar banho, levar pra almoçar e passear.

Quando voltar de viagem escrevo mais...

Um bom fim de semana!

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

24º Dia - Preparação psicológica pra enfrentar tentações

Está tudo indo muito bem por aqui.
O problema é que amanhã eu vou viajar e passar o fim de semana prolongado (pra quem tem filho em idade escolar, pelo menos) na casa da mainha.
Lá será tudo diferente daqui. Praticamente não há refeição em casa. Tenho que sair pra almoçar e jantar fora, ou pedir comida em domicílio. Há ainda minhas primas sempre me chamando pra sair. E tenho quase certeza de que não farei nenhuma atividade física.
Então, a minha meta pra essa viagem é apenas não engordar.Quero conseguir manter o peso. Óbvio que se eu perder algum vou achar ótimo, mas nem tenho essa pretensão. Tentarei continuar com a alimentação que tenho aqui. Já até falei com uma prima que também está tentando emagrecer pra gente fazer algumas refeições juntas.
Amanhã de manhã vou me pesar e registrar esse peso. Ele será minha meta pra semana que vem.
Espero que dê tudo certo, pois essa será minha primeira prova de fogo.
Eu sempre disse que o difícil não é emagrecer, é manter o peso magro; e nesse fim de semana eu vou saber se já estou consciente disso. Como disse meu endocrinologista, a dieta não acaba quando se atinge o peso desejado, pois a obesidade é uma doença crônica que vai me perseguir pelo resto da vida.
E eu ainda estou longe do peso que eu quero.
Então, é isso. É esperar pra ver o quão persistente é essa minha determinação.
Abraços.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

23º dia

Passei só pra dizer que continuo firme e forte!!!

Atividade Física:

  • 60 minutos de esteira 
  • 20 minutos de bicicleta ergométrica


Ingestão de água:

  • 2 litros (até agora, mas o dia ainda não acabou)


Alimentação:

  • Café da manhã
    • 8 uvas
    • 150 ml de Molico Light Morango
    • 1 torrada integral
    • 1 biscoito Nesfit
    • 1/2 colher de requeijão light
    • 1/2 fatia de peito de peru defumado
  • Almoço
    • Prato de salada
    • 1 colher de sopa de ervilhas
    • 3 colheres de sopa de arroz
    • 25 gramas de carne grelhada
  • Lanche da tarde
    • Barra de cereal castanhas e chocolate
  • Jantar
    • Pão francês
    • 3 colheres de atum light molho de ervas
    • 1 colher rasa de requeijão light
    • 3 rodelas de cebola
    • 3 rodelas de tomate
    • 200 ml de Coca Zero (só pra descer o sanduíche)
    • 1 tabletezinho de Talento (porque a vontade hoje estava de matar...)
  • Ceia (depois que terminar esse post)
    • 150 ml de Molico Light
    • 1 biscoito Nesfit

E é isso aí. 1000 kcal no capricho!!!

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

22º dia - São tantas emoções...

Foi só eu falar no post anterior que aqui não chovia há mais de sete meses que... advinha... choveu!!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkk
Como prometido, eu lavei o carro ontem. Foram uns 50 minutos lavando, ensaboando, esfregando meu carro. Como tinha sujeira... Era umas 16h30min e fazia, sei lá, uns 39º C, porque tava fresco, sabe?! Minha cidade fica tipo na porta de entrada do inferno. Como faz calor aqui... E eu suei, mas eu suei... Mas lavei o carro todinho, quer dizer, por fora, né?! E se tivesse cera, eu teria passado uma mão também.
E tudo isso pra que? Pra sete horas depois cair a maior chuva!!!
Mas eu não reclamo.
Primeiro porque a tarefa não tinha como objetivo lavar o carro, isso era um plus. A meta era fazer uma atividade que me fizesse gastar algumas calorias a mais no domingo.
Segundo porque É TERMINANTEMENTE PROIBIDO RECLAMAR DE CHUVA NO SERTÃO NORDESTINO!!! Chuva é sempre uma bênção, um sinal de que Deus não se esqueceu da gente...
E o melhor foi que o dia hoje amanheceu nublado.
Sério. Fiquei tão emocionada que não via a hora de chegar na academia... Quem me conhece sabe que eu odeio academia. Então, o fato de eu "desejar ir" já é pra causar uma comoção! Nem o fato de a Alice não ter tomado café antes de ir pra escola hoje tirou meu bom humor.
Agora, a melhor parte.
Chegando na academia, não resisti e fui me pesar.
Esse negócio de ter uma balança logo na recepção é definitivamente um problema!
E, advinha????
Perdi 600 gramas de sexta pra cá!
600 gramas em três dias!!!
É muita emoção, Senhor!
Pelo visto, aqueles 60 minutos na esteira no sábado valeram a pena.
Isso me deu muito ânimo pra fazer mais 60 minutos de esteira hoje e ainda mais 25 minutos na bicicleta. Sempre ouvindo música...
E hoje uma me marcou bastante e eu repeti umas três vezes. Vou até postar aqui, porque tenho certeza de que todo mundo ama essa música:


Imagina bem aí. Essa música sou eu cantando, não pra alguém, mas pros doces e chocolates e picanhas e todas as coisas que eu mais amo!

"No início eu tive medo, fiquei paralisada
Fiquei pensando que nunca conseguiria viver
Sem você ao meu lado
Mas então eu passei muitas noites
Pensando como você me fez mal
E eu me fortaleci
E eu aprendi como me arranjar"

E EU VOU SOBREVIVER! EU TENHO MINHA VIDA TODA PRA VIVER!
Sério, me empolguei....
kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Mas é esse o pensamento.
Abraços

domingo, 6 de outubro de 2013

21º dia - sobre a fome

Primeira coisa a dizer no post é que eu estava fazendo a contagem errada...
Minha dieta começou no dia 16/09/2013, portanto, este é o 21º dia, não, o 20º... 
kkkkkkkkkkkk é a falta de açúcar mexendo com meu juízo, não reparem...

A segunda coisa é que como estava achando estranho perder tão pouco peso, no sábado aumentei minha atividade física. Até eu me surpreendi ao conseguir caminhar por mais de uma hora na esteira, pq eu sou doente de preguiça. Mas olha a prova aí (eu mato a cobra e mostro a cobra):


Foram 55 minutos caminhando a 6 km por hora ou mais e o restante do tempo desacelerando.
Depois, fiz mais 20 minutos na bicicleta ergométrica:


Ainda não estou fazendo aqueles aparelhos que eu particularmente acho um saco. Só pretendo começar depois que perder mais uns 5 quilos.
Não mudei a alimentação porque eu acho que já estou comendo muito pouco. Estou fazendo uma dieta de 1000 kcal. Não é saudável diminuir mais que isso e eu jamais conseguiria porque eu sinto muita muita fome!!!

E ninguém venha aqui me dizer que faz dieta e não sente fome. Eu não sou assim. Tenho compulsão por comida, gente. E mesmo tomando a tal sibutramina, ainda sinto fome e quero comer o dia todo.
Estou bebendo dois litros e meio de água por dia. Cada vez que acho que estou com fome, bebo um golão de água. Alivia por alguns minutos. Tento me distrair assistindo alguma coisa na tv ou mexendo no celular.
E tento dormir tb, mas aqui tá fazendo 50º C na sombra, não tem ar condicionado que dê conta. Como meu sono é muito bom, apesar de terem me dito que sibutramina dá insônia, eu ainda consigo tirar uns cochilos de no máximo uma hora. E pronto. Sobra a tardei inteira pra ficar sentindo o estômago roncar e roer e eu puxar meus cabelos de vontade de dar aquela dentada numa barra de chocolate.
Mas ninguém falou que seria fácil. Se fosse fácil, todo mundo era magro e não haveria obesidade. É  difícil mesmo, dá vontade de jogar tudo pro alto e desistir.
Só que dessa vez eu estou determinada!
Eu não vou perder peso, porque quem perde pode encontrar depois.

EU VOU ELIMINAR TODOS ESSES QUILOS EXTRAS DA MINHA VIDA!

Pra finalizar, eu estava pensando que domingo é um dia complicado pq a academia não funciona e não há a menor possibilidade de eu fazer caminhada no calor que faz aqui. Só se fosse pra eu passar mal. também não posso caminhar à noite porque suar a cabeça nesse horário é certeza de me atacar a maldita sinusite...
Ai, como sofro...
Sim, mas como eu estava falando. Na sexta-feira eu estava assistindo o "Além do peso", reality que ajuda os participantes a perde peso, na Record (que eu acho uma humilhação, mas assisto do mesmo jeito), e os competidores tiveram que lavar carros.


O preparador físico disse que era uma atividade que queimava muitas calorias e eu pensei em fazer isso hoje aqui em casa, porque, né, meu carro está imundo... O pobre não vê água desde a última vez que choveu aqui na minha cidade, ou seja, há uns sete meses!!!!

Abraços e bom final de domingo!!!

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

18º dia - Motivação

Bom, esse poderia ser um post totalmente pessimista porque hoje foi o dia da pesagem e eu perdi apenas 0,5 kg. E como é que pode tanta atividade física e tanta fome (sim, pq eu sinto fome mesmo fazendo seis ou sete refeições diárias) pra perder apenas meio quilo???
Sou naturalmente uma pessoa pessimista, é meu jeito, fazer o que?!
Mas como estou passando por um período de mudanças, resolvi fazer um grande esforço e raciocinar de modo a encontrar o lado bom disso. E não é que deu certo?
Primeiro que minha última pesagem havia sido na segunda-feira. Eu estava me pesando somente às segundas, mas observei que todo mundo se pesa dia de sexta-feira e hoje foi a primeira vez que me pesei numa sexta. Foram só cinco dias. Ou seja, tudo bem, eu perdi só meio quilo, mas foi meio quilo em cinco dias!!!
E, pensando ainda num contexto geral, foram 3,3 kg em apenas 18 dias.
Fiz até um gráfico:


Se a linha tá descendo, então tá bom, né?!
E pra dar ainda mais motivação, vou postar umas fotos de antes de começar a dieta e de como eu quero ficar.

EU ESTAVA ASSIM HÁ 18 DIAS ATRÁS:




MAS É ASSIM QUE VOU FICAR:







Essas fotos magras são de agosto de 2009, uma viagem que fiz com mais seis primas e que foi inesquecível na minha vida. 
Motivação melhor não pode haver...

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

17º dia - Sobre resiliência

Há uns três ou quatro meses atrás recebi um link sobre uma pesquisa com mães de crianças com autismo. Era de uma psicóloga e serviria para a dissertação dela. Imediatamente quis ajudar. Sei o quanto é difícil coletar esses dados. Todo mundo gosta de ler os resultados das mais diversas pesquisas em revistas e sites, mas na hora de ser entrevistado e ajudar o mundo científico mesmo, ninguém tem tempo, paciência ou vontade.
Pois bem, cliquei no link e comecei. O tema era “Resiliência em mães com filhos com Transtorno do Espectro do Autismo”.
Resiliência?! Eu desconhecia o termo, mas tinha pressa em concluir a pesquisa. Resolvi procurar o significado depois.
Mas se a palavra soava desconhecida pra mim, as afirmativas que se seguiram (e que eu tinha que mensurar) me tocaram profundamente. Coisas do tipo “quando eu faço planos, eu levo eles até o fim”, “manter interesse nas coisas é importante pra mim”, ou “eu sou determinado”, etc.

À medida que avaliava os itens, eu ficava mais e mais arrasada.
A verdade é que a minha capacidade de lidar com problemas e superar obstáculos foi profundamente abalada após o diagnóstico da Alice.
Toda minha determinação foi perdida, não só pra dieta, mas também pra estudo, trabalho, etc. Não consigo concluir meus projetos, nenhum dos sonhos da minha juventude foi realizado, não consigo manter interesse nas coisas por muito tempo, minha autoestima praticamente inexiste... Só pra se ter uma ideia, nem a droga da pesquisa eu enviei pra psicóloga...
Porém, hoje acredito estar dando os primeiros passos rumo a um futuro melhor. Minha Alice precisa de mim e dos meus cuidados e eu preciso de saúde para proporcionar isso a ela.
Fé que tudo vai melhorar. Sempre.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

16º dia

E não é só dizer que estou fazendo uma dieta, não é mesmo???
Vamos ver como foi meu diz hoje:
Às 6 horas, eu comi meia tangerina e segui pra atividade física. Confesso que estava meio cansada e só fiz 30 minutos na esteira mais dez minutos na bicicleta ergométrica.
Quando cheguei em casa, tomei meio copo de Corpus Light Morango e duas torradas integrais Bauducco com requeijão light e meia fatia de peito de peru defumado light.
Umas duas horas depois comi cinco uvas.
Meu almoço: um prato raso de salada com repolho, alface, cenoura e couve-flor. 3 colheres de arroz, 2 colheres de feijão e 70 gramas de filé de peixe grelhado.
À tarde eu lanchei uma barra de cereal de castanha e chocolate (pq não dá pra viver sem chocolate, sinto muito).
À noite, comi um pão francês com três colheres de atum ralado light, uma colher rasa de requeijão light, cebola e alface.
Antes de dormir ainda vou tomar meio copo de Corpus Light Morango com um biscoito Nesfit 3 cereais.
Durante o dia bebi mais de dois litros de água e masquei uns dois ou três chicletes sem açúcar enquanto assistia tv.
É isso aí!!!
Sexta-feira vou me pesar e estarei mais magra, tenho certeza!!!

Apresentação

Não. Eu não quero aprender a tocar violão.
Quero ter um CORPO DE VIOLÃO!!!
Vou fazer uma breve síntese da minha história:
Tenho 29 anos, sou casada e tenho uma filha linda de seis anos (quase sete) chamada Alice (razão do meu viver e desse projeto também).
Eu fui uma adolescente magra, cheguei a ser modelo uma época e só fui engordar mesmo depois que minha filha nasceu. Cheguei a pesar 77 kg até me decidir emagrecer. Perdi uns 13 ou 14 quilos com ajuda de uma dieta especial da minha nutricionista e de um remedinho passado pelo endocrinologista.
Isso foi em 2008.
Em 2009, eu estava linda, loira e magra quando recebi da neuropediatra da minha filha a notícia que mudaria toda a minha vida: Alice tinha autismo!
Procurei ajuda com psiquiatra e psicóloga. Eu precisava de ajuda se queria ajudar minha princesa.
Acabei abandonando emprego e tratamento para me dedicar somente à Alice.
Não deu outra. Alice hoje é uma criança esperta que sabe ler, somar, subtrair e contar histórias. Ao passo que eu cheguei a pesar 85 kg!!!
Nos momentos de crise eu sempre pensava no que seria da Alice se eu morresse. Quem cuidaria dela com o mesmo carinho e dedicação que eu? E isso me deixava muito angustiada. Tentava uma dieta aqui e ali, perdia uns dois ou três quilos e desistia novamente.
Há algumas semanas atrás, percebendo que minha filha havia evoluído muito satisfatoriamente, resolvi cuidar de mim. Procurei um novo endocrinologista (mudei o plano de saúde e o meu endocrino antigo não é credenciado) e fiz os exames de rotina (triglicerídeos altíssimo).
O médico me receitou sibutramina por um mês, me mandou fazer uma dieta e atividade física.
Confiante de que vou ter meu corpinho anterior de volta, e ciente de que ele nunca foi de violão, quero emagrecer sem flacidez e ter uma vida saudável.
E vou conseguir!!!